Halitose é um alerta que merece atenção

Dezembro laranja: começa o mês da conscientização do câncer da pele
9 de dezembro de 2017
Tire suas dúvidas sobre o nariz e a respiração
21 de dezembro de 2017

Halitose é um alerta que merece atenção

Quem tem Halitose, mais conhecida como mau hálito, não percebe o odor desagradável nem o motivo das pessoas se distanciarem. Ninguém gosta de permanecer ao lado do portador desse distúrbio. O pior ainda é que ninguém tem coragem de avisar a vítima sobre o mal-estar.

Apesar de desagradável, a Halitose é um sinal de que alguma coisa não vai bem. Ela surge na boca, onde há muitas bactérias que digerem proteínas dos restos alimentares e do muco do gotejamento nasal, provocando a liberação de gás sulfídrico em função do processo do metabolismo anaeróbico. A área posterior da língua, no fundo da cavidade oral, é a região que gera o mau hálito.

Entre as causas que explicam a Halitose estão infecções, como amidalites e sinusites; pouca produção de saliva; ressecamento da boca provocado por ar condicionado, desidratação, estresse, uso de certos medicamentos; higiene bucal mal feita e formação de placa bacteriana no fundo da boca.

Embora não seja uma doença, a Halitose é um sintoma alertando sobre alguma anomalia que somente um especialista tem capacidade de diagnosticar, tratar e tomar as devidas providências. Se for o caso, ele encaminha o paciente para um médico de outra especialidade.

Fonte: Clínica de Otorrino